diabetes-696x445

5 Comportamentos que contribuem para mulheres terem Diabetes

Mesmo com campanhas espalhadas ao redor do mundo, o diabetes continua em alta. O último dado da Federação Internacional de Diabetes (IDF), de 2017, apontou que cerca de 425 milhões de pessoas possuem a doença e que ela deverá aumentar em 45% (!) até 2045, chegando a 629 milhões. Somente no Brasil, 8,7% da população adulta apresenta diabetes tipo 2.

mulher-de-costas-1532730161608_v2_900x506

Como aumentar a gordura marrom, que gasta calorias e até ajuda a emagrecer?

A gordura marrom é considerada boa para o organismo por gastar energia para produzir calor e manter o corpo aquecido. Ela pode inclusive ajudar no emagrecimento, foi o que apontou um estudo publicado na revista Scientific Reports.

Os pesquisadores criaram um sistema in vitro, e perceberam que quando a temperatura do corpo chegava a 32°C,

ehyluopq7qowusxp7mw4zf6br

Tenho perda de libido por conta de diabetes, e agora? Deles responde

A perda de libido não é um problema incomum e pode ser provocado por diversas razões. Doenças crônicas, medicamentos, sobrepeso e questões psicológicas, entre vários outros fatores, podem estar por trás da falta de desejo sexual . Porém, felizmente, isso tudo é tratável.

O primeiro passo é identificar a origem do problema, a partir de qual momento começou a ocorrer a perda de libido  e se é de fato um problema na libido ou uma dificuldade de ereção.

indice-glicemico-carboidrato-proteina-pao-ovo-1527106093671_v2_900x506

Calorias ou índice glicêmico do alimento: o que afeta mais o emagrecimento?

Você já ouvir falar em índice glicêmico (IG)? O termo se refere à velocidade que a glicose (açúcar) contida num alimento demora para chegar à corrente sanguínea. Esse valor é importante para diabéticos, que precisam mais do que ninguém controlar o açúcar no sangue, mas a dieta do baixo índice glicêmico também ganhou notoriedade por seu potencial para eliminar quilos na balança.

diabetespe_p

Pé diabético: veja cuidados fundamentais para evitá-lo

Se a glicemia de um paciente com diabetes não for controlada adequadamente, sua saúde geral sofre consequências. Uma delas é o pé diabético, condição que ocorre quando se desenvolve uma ferida ou úlcera em uma área machucada ou infeccionada dos pés.

Os pés estão mais suscetíveis a lesões justamente por causa das características do diabetes.

cda210717gz1030-5208469

Substâncias naturais que prometem emagrecer podem ser perigosas

Nas páginas de internet, nos anúncios da TV ou até em lojas físicas, as substâncias ditas naturais prometem emagrecimento rápido e fácil. Mas a verdade é que essas fórmulas quase mágicas podem ser tão enganosas quanto perigosas.

Para a presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia – Regional Espírito Santo, Mariana Guerra, o principal risco desses produtos é o fato de eles não passarem por fiscalizações.

pes-doenca

O que é pé diabético? Entenda o problema e suas consequências!

Um diabetes mal controlado por anos pode causar diversos problemas. Um deles, inclusive, é o pé diabético, que nada mais é do que quando um ferimento ou uma área infeccionada nos pés toma grandes proporções, desenvolvendo uma ferida. “O pé diabético é uma associação de falta de circulação (por agressão às artérias das pernas) e pela neuropatia (principalmente),

Diabetes e atividade fisica

Diabetes pode ser controlada com auxílio de exercícios físicos

O exercício físico é essencial para o tratamento da diabetes. Isso porque, em curto prazo, ele diminui o nível de açúcar no sangue. Com o tempo, os efeitos são ainda melhores. “A prática aumenta a sensibilidade à insulina. Isso significa que a glicose entra com mais facilidade nas células, reduzindo o índice de açúcar circulante no sangue”,

levantamento_de_peso

Quem tem diabetes deve apostar em que tipo de atividade?

O exercício físico é essencial para o tratamento da diabetes. Isso porque, em curto prazo, ele diminui o nível de açúcar no sangue. Com o tempo, os efeitos são ainda melhores. “A prática aumenta a sensibilidade à insulina. Isso significa que a glicose entra com mais facilidade nas células, reduzindo o índice de açúcar circulante no sangue”,

Diabetes

Primeiros sinais do diabetes. Como identificar?

As “doenças invisíveis” são as piores: chegam sem dar sinais e colocam o corpo em risco. Ou, ainda, se manifestam por meio de sintomas banais, que muita gente ignora achando que é normal.

É o caso da diabetes, doença que acomete mais de 16 milhões de brasileiros, segundo a OMS. Com a correria do dia a dia,

START TYPING AND PRESS ENTER TO SEARCH