Cuscuz

Cuscuz: benefícios e uma receita especial

O cuscuz é um prato popular rico em nutrientes e muitos benefícios. Com ovo cozido, vira café da manhã dos campeões e também cai bem quando acompanha ensopados. Apesar das diferentes versões desse alimento, no geral, todas são ricas em fibras e são uma ótima  opção para garantir saciedade. Segundo Giovanna Oliveira, nutricionista da Clínica Dra. Maria Fernanda Barca, existem três tipos de cuscuz e todos fazem parte do grupo dos carboidratos, portanto, são fontes de muita energia. Além disso, se consumidos sem exageros, vão muito bem como acompanhamentos de diversos pratos.

O cuscuz marroquino é feito com a sêmola de trigo, o nordestino com flocos de milho e o paulista feito com fubá e incrementado com ovos, sardinha, ervilha, tomate e salsinha. O clássico nordestino é uma excelente variação para o pão com manteiga, já o marroquino cai bem no lugar do arroz e o paulista pode ser consumido como um lanche da tarde no lugar daquele salgado. “Além de versátil, tem um sabor de dar água na boca. Por estar quase sempre acompanhado de fontes de proteínas e vegetais é uma boa opção”, explica a nutricionista.

Benefícios do Cuscuz

Cuscuz é fonte de carboidrato

Em uma dieta low carb, o objetivo é consumir menos carboidratos. Assim, o cuscuz, ainda que seja uma fonte rica desse macronutriente, é um bom substituto para outras fontes. Por exemplo, você pode trocar o arroz branco pelo cuscuz e obter um prato mais nutritivo.

Fortalecimento do sistema imunológico

A base desse alimento são os flocos de milho, cereal rico em carboidratos complexos, fibras, vitaminas A e B1 e ácido fólico. Além desses nutrientes, contém ferro, magnésio, zinco, carotenóides, antioxidantes e mais alguns bioativos que fortalecem ainda mais o sistema imune.

Intestino regulado

Rico em fibras, ele ajuda no funcionamento do intestino, mantendo a saúde da flora intestinal. Isso propicia um emagrecimento mais saudável e mais fácil.

Alimento versátil

Com sabor neutro, combina com uma variedade de alimentos doces e salgados, como queijo, ovos, carnes, peixes e até frutas. É possível prepará-lo com saladas, gratinar com queijo, cremoso no forno ou usá-lo como acompanhamento de carnes e legumes a vapor.

Para se aventurar na cozinha, aqui vai uma receita:

Salada de cuscuz marroquino

Ingredientes

    1 envelope de caldo de legumes em pó;

    1 xícara (chá) de água quente;

    2 xícaras (chá) de cuscuz marroquino;

    1 tomate sem sementes picado;

    1 pepino sem sementes em cubos;

    4 colheres (sopa) de hortelã picada;

    1/2 xícara (chá) de azeitona preta em rodelas;

    1/2 xícara (chá) de azeite;

    Sal e pimenta-do-reino a gosto;

    4 folhas de alface americana;

    2 xícaras (chá) de folhas de rúcula;

    1 xícara (chá) de folhas de espinafre;

    100g de peito de peru em fatias.

Modo de preparo:

Dissolva o caldo de legumes na água e regue o cuscuz. Misture e deixe de molho por 30 minutos ou até esfriar e absorver toda a água. Misture o tomate, o pepino, a hortelã e a azeitona. Tempere com o azeite, sal e pimenta. Leve à geladeira por 1 hora. Em uma travessa funda, arrume as folhas de alface, de rúcula e de espinafre. Arrume o cuscuz sobre as folhas, enrole as fatias de peito de peru, corte ao meio e decore a salada. Sirva em seguida.

Acesse o link do Portal das Academias Bodytech: https://blog.bodytech.com.br/cuscuz-beneficios-curiosidades-e-uma-receita-especial/

 

Deixe um Comentario

START TYPING AND PRESS ENTER TO SEARCH